sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Conectividade, Interatividade, Proximidade - O Futuro Chegou!

O tal futuro está mais perto do que pensamos. Agora é a vez da Microsoft tentar posicionar-se à frente das demais. Este posto está ocupado pela Apple há tempos.

Gosto de filmes de Sci-fi. Sempre penso que a tecnologia futurista que eles mostram lá já está nas bancadas de algum laboratório do mundo, e em breve estará nas prateleiras seduzindo-nos.

Este vídeo exemplifica a minha tese, e me fez perceber que Os Jetsons se tornaram pré-históricos num curto espaço de tempo de 6 minutos e 18 segundos...

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Arriba, Divorcio. Abajo, Matrimonio!

Cidade do México estuda permitir casamentos renováveis a cada dois anos

Ignacio de los Reyes
BBC Mundo, México

A Assembleia Legislativa da Cidade do México vai discutir uma mudança no Código Civil para implantar contratos de casamento que possam ser renovados a cada dois anos, caso os cônjuges queiram continuar com o relacionamento.

A proposta, que deve ser discutida na Comissão de Administração da assembleia, visa reduzir o número de divórcios, garantir o sustento dos filhos e agilizar o processo administrativo no caso do fim do casamento.

O contrato de dois anos seria opcional e evitaria o excesso de trabalho no setor do Judiciário que cuida de divórcios.

O casal que optasse pelo contrato temporário poderia ver se o casamento funciona durante o período de dois anos.

"Dois anos é um tempo mínimo que já permite conhecer e avaliar como é a vida do casal. Se o casal renova (o contrato), isto vai significar que há um entendimento com seu parceiro, que as regras estão claras e que os dois cônjuges tenham certeza jurídica de seus direitos e deveres", disse à BBC a deputada Lizbeth Rosas Montero, que faz campanha pela proposta.

Para a deputada, esta mudança no Código Civil vai favorecer as "relações mais saudáveis e harmoniosas entre casais, ajudaria a restabelecer o tecido social e a estabilidade das famílias", que seriam poupadas do trauma e dos custos de um divórcio.

O contrato temporário de casamento também prevê uma série de acordos que seriam firmados entre o casal antes do casamento.

Nestes acordos, os cônjuges poderiam determinar, por exemplo, quanto dinheiro cada um pagaria para manter os filhos ou o tempo em que se pagaria uma pensão em caso de separação.

Oposição
Alguns deputados da Cidade do México já se pronunciaram contra o casamento "renovável", alegando que este contrato vai contra o conceito tradicional de casamento "para toda a vida".

Organizações conservadoras, como a União Nacional de Pais de Família, também já se pronunciaram contra a proposta.

"Inicialmente pensei que era uma piada de mau gosto", disse a diretora da organização, Consuelo Mendoza, à BBC.

"Este tipo de iniciativa cria uma cultura do descartável em temas importantes para a sociedade. Se os pais tem problemas, primeiro precisam procurar outras soluções."

"Imagine o impacto emocional que teria para um filho. A angústia de pensar, a cada dois anos, se mamãe e papai vão renovar o contrato", acrescentou.

Na Cidade do México cinco em cada dez casamentos terminam em divórcio. Desde que o chamado Divórcio Expresso entrou em vigor em 2008 na capital mexicana, uma medida que permite o fim do casamento em quatro semanas, ocorreram cerca de 60 mil divórcios na capital mexicana.

MEU PITACO:
O mundo continua brincando... sem mais, meritíssimo!

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Redes Socias e Seus Riscos

Via Pavablog - Adaptado de IG

Expor demais sua vida nas redes sociais não é uma boa ideia. Mas isolar-se completamente e apagar sua vida online tampouco é a resposta, afinal, todos estão por lá: amigos, vizinhos, parentes e colegas de profissão. Ter uma vida social “virtual”, é quase inevitável e provavelmente desejável. Sem falar na vida profissional, já que as redes sociais são cada vez mais usadas para manter o networking em dia.

A autocensura, claro, é opcional. Há quem argumente que seu perfil online é sua vida pessoal, e que por isso tem o direito de dizer o que quer. É verdade. Mas pensar duas vezes antes de falar sempre foi um bom conselho, e não é diferente na internet. “Tenha controle sobre as redes sociais. Não deixe que elas controlem você. Esse é o maior desafio. Hoje elas viraram um vício, pois fazem você se sentir uma pessoa amada e ouvida. Mas nem todos que estão lá querem o seu bem. Portanto não seja tão inocente”, adverte a consultora de imagem Alana Rodrigues Alves.
10 motivos para se comportar nas redes sociais. Veja:
1 – Não há segredo
“Tudo o que está ali é para ser visto por alguém. As outras pessoas podem usar suas informações do jeito que acharem melhor e você não tem o menor controle sobre isso”, afirma Alana. Por mais que você se preocupe em apenas autorizar amigos a visualizarem suas informações e suas postagens, muitas vezes eles podem passar isso adiante através de recursos que as próprias redes sociais oferecem, como é o caso do Retweet, utilizado no Twitter. “Revelar informações de outras pessoas é uma indiscrição, mas muitos a cometem”, afirma a consultora de imagem Andrea Azevedo.
2 – Empresas checam perfis em redes sociais antes de contratar

Recrutadores descobriram que as redes sociais podem revelar detalhes importantes que passam despercebidos em entrevistas e dinâmicas. Por mais injusto que possa parecer, empresas brasileiras já admitem a prática. “Você tem o direito de beber durante o final de semana, se desejar. Mas você contaria para o seu chefe, na segunda-feira, que passou o domingo bêbado? Essa é a imagem que deseja ter no seu ambiente de trabalho?” indaga a consultora de imagem pessoal, moda e etiqueta Ana Vaz. Ela diz que é mais ou menos isso que pode acontecer quando você anuncia sua bebedeira através do seu perfil. “Precisamos aprender que o limite entre o público e o privado está cada vez mais tênue, e usar as ferramentas da internet de maneira correta.”
3 – Tudo o que você disser pode e será usado contra você
Se a internet já foi terra de ninguém, esse tempo passou. Hoje, existem profissionais especializados em localizar e provar quem cometeu crimes como injúria, calúnia e difamação na web. Por isso, seja responsável por todos os seus comentários. “Mesmo que você se arrependa e apague o que escreveu no Facebook, as coisas ficam registradas. É sempre importante ter em mente que o arrependimento na internet é muito mais complexo do que parece. E nem sempre é possível”, explica Ana Vaz. Além de falar mal de pessoas e empresas, muitos deixam recados, nem sempre amigáveis, sem especificar a quem a crítica é dirigida. “Isso é definitivamente deselegante”, adverte Ana.
4 – O que você mostrar em suas fotos também pode ser usado contra você

Fotos podem representar dois tipos de problemas. O primeiro é você se mostrar em uma situação que pode parecer engraçada para alguns e constrangedora para outros. Além disso, você pode estar em uma foto que foi publicada por outra pessoa. Não existe controle sobre o que os outros mostram da sua vida. A consultora em etiqueta e marketing pessoal Lígia Marques, que acaba lançar este mês o livro “Etiqueta 3.0 – Você Online & Offline” (Ed. Évora), acredita que aqui o que vale é o bom-senso: “Se for algo comprometedor, não publique. Pense que isso pode prejudicar seu amigo. E, se isso acontecer com você, peça para que retirem a foto do ar.”
5 – As comunidades de que você participa podem te prejudicar
“Detesto acordar cedo” ou “Odeio trabalhar” são opiniões que podem causar constrangimento em algum momento. Ana alerta: “As pessoas têm direito de participar do grupo que desejarem, mas precisam entender que muito do que está ali pode ser considerado um defeito em algumas circunstâncias. A celebração de um defeito pode ser bastante prejudicial.”
6 – Pega mal exibir toda e qualquer conquista financeira
Além de parecer exibição, é bastante perigoso expor sua vida financeira. “Costumo dizer que o Foursquare, rede social que possibilita ao usuário dizer onde está naquele momento, é praticamente uma plaquinha escrita ‘roube-me’. Se você está passando uma temporada com a família em Paris, por exemplo, e alardeia esse fato, muitos poderão deduzir que sua casa está vazia”, afirma Ana. Ela ainda ressalta que nem todos os seus amigos na rede social podem ter uma vida financeira tão confortável e esse tipo de exposição pode fazer você passar por esnobe.
7 – Você pode ser flagrado mentindo

“Mentira é ruim em qualquer circunstância”, sentencia Andrea. “Muita gente mente dizendo que está doente para poder faltar ao trabalho. Já pensou se seu chefe entra em seu perfil e você publica que está passeando no shopping, por exemplo? As pessoas falam muito, expõem demais e não pensam nas consequências”, adverte Ana.
8 – Seu ex está de olho na sua vida atual
Quando um relacionamento chega ao fim, é comum que uma das partes saia magoada ou mesmo demore a aceitar o término. A consultora Lígia Marques argumenta que pessoas magoadas cometem atos inadequados. “Mágoa e ressentimento podem provocar revides e comentários inapropriados. Evite expor detalhes de sua vida social e amorosa.”
9 – O seu futuro namorado pode estar por lá, observando seus passos

“E, dependendo do que você escrever ou mostrar, qualquer possibilidade de ter algo mais sério entre vocês pode terminar precocemente”, afirma Lígia. Ana acredita que isso pode não ser tão ruim. “Eu consigo enxergar algo de bom: se ele não aceita o seu jeito de ser é melhor que ambos descubram o quanto antes”.
10- Sua mãe (ou pai) pode ser sua amiga no Facebook ou te seguir no Twitter
Aí já viu né?

O Pedido de Uma Criança a Seus Pais


Não tenham medo de serem firmes comigo.
Prefiro assim. Isto faz com que eu me sinta mais seguro.

Não deixem que eu adquira maus hábitos.
Dependo de vocês para saber o que é certo ou errado.

Falem comigo com educação e aprenderei como devo fazer dentro e fora de casa.

Leiam, cantem e sorriam pra mim e aprenderei a ser feliz.

Fiquem atentos aos meus estudos e não façam minhas tarefas. Se fizerem isto, ficarei preguiçoso e nada produzirei.

Não me corrijam com raiva, nem na presença de estranhos.
Aprenderei muito mais se me falarem com calma e em particular.

Sempre me falem a verdade, e sejam honestos em seus sentimentos.
Assim aprenderei a ser uma boa pessoa quando crescer.

Não me protejam das consequências de meus erros.
Às vezes eu preciso aprender pelo caminho áspero.

Não levem muito a sério as minhas pequenas dores.
Necessito delas para poder amadurecer.

Não me estraguem. Sei que não devo ter tudo o que peço.
Só estou experimentando vocês. Me satisfaço com coisas simples.

Não é preciso gritar comigo para que eu ouça vocês.
O grito separa os nossos corações.

Não sejam irritantes ao me corrigirem.
Se assim o fizerem, eu poderei fazer o contrário do que me pedem.

Não me façam promessas que não poderão cumprir depois.
Lembrem-se de que isto me deixa profundamente desapontado.

Não ponham à prova a minha honestidade.
Sou facilmente levado a dizer mentiras.

Não me apresentem um Deus carrancudo e vingativo. Isso me afastará dEle.
E só me apresentem a Deus se vocês se relacionarem com Ele.
Senão, isso me tornará incrédulo.

Não desconversem quando faço perguntas, senão serei levado
a procurar respostas na rua todas as vezes que não as tiver em casa.

Não se mostrem para mim como pessoas infalíveis.
Ficarei extremamente chocado quando descobrir um erro em vocês.

Não digam simplesmente que meus receios e medos são bobos ou não existem.
Ajudem-me a compreendê-los e vencê-los.

Não digam que não conseguem me controlar.
Eu me julgarei mais forte que vocês.

Não me tratem como uma pessoa sem personalidade.
Lembrem-se que eu tenho meu próprio modo de ser e pensar.

Não vivam me apontando os defeitos das pessoas que me cercam.
Isso irá criar em mim, mais cedo ou mais tarde, o espírito de intolerância.

Não se esqueçam que eu gosto de experimentar as coisas por mim mesmo.
Não queiram ensinar tudo para mim.

Não tenham vergonha de dizer que me amam.
Eu necessito desse carinho e amor para poder transmiti-lo a vocês e aos outros.

Não desistam nunca de me ensinarem o bem,
mesmo quando eu parecer não estar aprendendo.

Insistam através do exemplo e, no futuro, vocês verão em mim o fruto daquilo que plantaram.

Não existe fórmula para a criação de um filho, mas pense:
Duas doses de amor e uma de educação é um bom começo.

O EXEMPLO não é a melhor forma de educar seu filho, ele é a ÚNICA!

Autor Desconhecido

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

ORAÇÃO DE CRIANÇAS


Via Israel Belo (Bom Dia - Prazer da Palavra)

Sua professora ficou desesperada. A menina, de sete anos, sumiu da sala. Para piorar, outras três crianças também tinham desaparecido.

Ela começou a procurar por todas as salas, espalhadas pelo templo da igreja onde funcionava o projeto de reforço escolar, que ela mesma fundara havia poucas semanas e coordenava.

Na sua busca naquela manhã, o coração disparado ("onde foram parar?"; "será que foram para a rua, meu Deus?"), uma senhora trouxe uma informação:
- Tem algumas crianças na sala de oração.

Alívio. Lá estavam as quatro.

A menina contou:
- Hoje acordei com os gritos dos meus pais brigando. Vi meu pai com um papel na mãe. Ele queria que a minha mãe assinasse, para venderem a nossa casa. Ele quer se separar da minha mãe. Então, viemos aqui, com minhas amigas, para Jesus não deixar papai vender a nossa casa e ir embora.

Então, eu me lembrei do salmo 8 ("Da boca de pequeninos e crianças de peito suscitaste força, por causa dos teus adversários, para fazeres emudecer o inimigo e o vingador").

Não é de emudecer?

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Pastor é Como Técnico de Futebol


Por Israel Belo (via Prazer da Palavra)

Cada membro da sua igreja sabe como seu pastor deve escolher sua equipe, como deve pregar naquela noite coalhada de visitantes, como deve dirigir o culto, a quem deve chamar a atenção, que roupa deve vestir, de que lado deve batizar, a quem deve negar a Ceia do Senhor, a quem convidar para o substituir no púlpito, que interpretação é melhor para o texto lido, quantos minutos deve durar a mensagem, que cânticos devem ser entoados, qual o tamanho do boletim, que gravata lhe "cai" melhor, como segurar o bebê na sua apresentação...

O pastor então deve rir de tudo isto.

Eu me lembro, quando era reitor do Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, que numa mesma reunião de uma Assembleia da Convenção Batista Brasileira, eu fui acusado, num intervalo de cinco minutos, de ser fundamentalista por um um e de ser liberal por outro. Tive que rir.

É claro que não vamos rir de tudo. Depois de ouvir, vamos ver a crítica que procede, a sugestão que merecer ser guardada.

Não temos como atender a todas as expectativas e nem conter todas as vaidades.

10 Itens que Matam a Produtividade Diária

Um planejamento semanal bem elaborado pode cair por terra quando as atividades diárias pré-estabelecidas são deixadas de lado por motivos circunstanciais ou urgentes, que atrapalham a produtividade. Será que você tem passado por isso? Confira a lista abaixo e veja com quais itens você se identifica.

1 – E-mail – Ficar com o e-mail aberto faz o nível de interrupções ficar intolerável, aumenta a ansiedade e a sensação de atividades por fazer. Recomendo definir períodos para lidar com as suas mensagens sendo que no resto do tempo o caixa deve ficar fechada.

2 – Não ter clareza sobre o que fazer – O que você precisa fazer primeiro? Você sabe pelo menos 80% do que deve ser feito hoje? Se não souber responder a essas perguntas, com certeza vai se perder em tarefas circunstanciais.

3 – Estou em Reunião – Uma pesquisa feita pela Triad Consulting, empresa dá qual sou diretor, demonstra que 1/3 das reuniões podem ser canceladas. Então: dieta de reuniões já! Quanto menos, melhor. Se tiver de fazer, seja objetivo, defina pontos de discussão e faça durar no máximo 2 horas.

4 – Redes Sociais – Você usa twitter, facebook, orkut, etc? Controle a ansiedade de ficar conectado a essas redes. Utilize eventuais intervalos no dia ou o horário de almoço para se atualizar.

5 – Falta de energia – Você está cansado, sem pique e não consegue se concentrar? A falta de “energia” rouba muitas horas do dia e faz a pessoa “surfar” em atividades circunstanciais. Tenha hobbies, procure um médico, tome um multi-vitamínico, alimente-se em horários regulares, faça sexo.*

6 – Falta de foco – Começa uma atividade e em pouco tempo salta para outra tarefas? Se a atividade for grande, quebre em pequenas atividades, feche qualquer outro software que não esteja usando, coloque o celular no silencioso e, se funcionar para você, ouça música.

7 – Navegador cheio de favoritos – Você abre seu browser para ir em um site, esbarra na lista de favoritos e começa a surfar por outros portais? Instale um novo navegador (sugiro o Safari) e não importe os seus favoritos. No novo browser, com a lista de favoritos zerada, você perde a tentação de ficar navegando à toa.

8 – Messenger, Wave, GTalk, etc – A regra é simples: está ocupado? Fique com status invisível ou offline. Está tranquilo? Fique ausente ou ocupado. Está com tempo para conversar? Fique disponível.

9 – Interrupções – Se muita gente interrompe você, pode ser porque sua comunicação não anda muito adequada. Faça uma revisão de como redige os emails, concede informações e delega atividades.

10 – Tarefas imprevistas, convites inesperados e favores – Que tal falar NÃO de forma concreta (baseado em planejamento X disponibilidade)? Se muitas tarefas imprevistas surgem na sua rotina, é possível que o nível de planejamento não esteja adequado. Repare em quais dias da semana você tem mais imprevistos e utilize isso a seu favor.

Por Christian Barbosa (Especialista em administração de tempo e produtividade, é fundador da Triad PS, empresa multinacional especializada em programas e consultoria na área de produtividade, colaboração e administração do tempo. É Autor dos livros “A Tríade do Tempo", "Você, Dona do Seu Tempo”, “Estou em Reunião” e co-autor de “Mais Tempo, Mais Dinheiro”).

HSM Online 16/11/2009

* Nota do blogueiro: Só se você for casado, e só com a sua mulher! ;)

Olá, Eu Sou o PECADO!

video

Leia as Atualizações no seu Reader

Pra Cumprir Teu Chamado

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails