quinta-feira, 22 de abril de 2010

SEGUNDO VIOLINO


Autor Desconhecido

"Portanto, quer comais quer bebais, ou façais qualquer outra coisa,
fazei tudo para glória de Deus" (1 Coríntios 10:31).

Perguntaram certa vez a Leonard Bernstein, famoso maestro da Orquestra Filarmônica de Nova Iorque, qual o instrumento mais difícil de ser tocado. Ele pensou por alguns instantes e, então, respondeu: "O segundo violino. Eu posso conseguir muitos instrumentistas para tocar o primeiro violino, mas, achar alguém para tocar o segundo violino, com entusiasmo, é um problema. E se nós não tivermos nenhum segundo violino, nós não teremos nenhuma harmonia."

Muitos de nós buscamos a notoriedade de estar sempre em destaque. Queremos ser os primeiros, estar na frente, ganhar aplausos e congratulações. Ser o vice, o segundo, alguém que fica na retaguarda, está fora de nossos planos. Ou somos o líder ou não queremos mais nada.

Mas, estamos agindo corretamente pensando desta forma? Não poderíamos ser úteis em uma posição menos destacada? Uma equipe não existe apenas com o líder. Ela é composta de várias pessoas e todas são importantes para o êxito de todo projeto. Somos importantes em qualquer lugar onde estejamos desde que executemos o que nos cabe com dedicação e entusiasmo.

Eu costumo dizer aos meus amigos e aos cristãos aos quais ensino, que o melhor lugar para nós não é o da liderança, mas, o lugar em que o Senhor nos coloca. Em uma empresa, tanto o gerente, como o chefe de seção, como a pessoa que cuida da limpeza, todos são importantes para que tudo vá bem. A empresa precisa de todos, desde o maior até o menor, e da mesma forma a obra do Senhor. Os pastores e líderes são importantes, os evangelistas também, os professores são fundamentais, e cada membro, individualmente, tem sua participação especial na tarefa deixada pelo Senhor Jesus para Sua igreja.

Se você está em um posto, tanto no emprego como na igreja, que julga inferior, não murmure. Diga a Deus que você trabalhará e dará o melhor de si e que tudo fará para que o nome do Senhor seja engrandecido. Agradeça a Deus pelo privilégio de fazer alguma coisa e, esteja certo, você será muito feliz.

Tudo o que fazemos, em qualquer lugar, deve ser para a glória de Deus.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

JÁ NÃO TENHO TEMPO...

Ricardo Gondim abriu seu coração com o texto que transcrevo a seguir:

Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora. Sinto-me como aquele menino que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltam poucas, rói o caroço.

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados. Não tolero abolices. Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.


Já não tenho tempo para projetos megalomaníacos. Não participarei de conferências que estabelecem prazos fixos para reverter a miséria do mundo. Não vou mais a workshops onde se ensina como converter milhões usando uma fórmula de poucos pontos. Não quero que me convidem para eventos de um fim-de-semana com a proposta de abalar o milênio.


Já não tenho tempo para reuniões intermináveis para discutir estatutos, normas, procedimentos parlamentares e regimentos internos. Não gosto de assembléias ordinárias em que as organizações procuram se proteger e perpetuar através de infindáveis detalhes organizacionais.


Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos. Não quero ver os ponteiros do relógio avançando em reuniões de "confrontação", onde "tiramos fatos à limpo".


Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário do coral. Já não tenho tempo para debater vírgulas, detalhes gramaticais sutis, ou sobre as diferentes traduções da Bíblia. Não quero ficar explicando porque gosto da Nova Versão Internacional das Escrituras, só porque há um grupo que a considera herética. Minha resposta será curta e delicada:
- Gosto, e ponto final!

Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou: "As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos". Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos. Já não tenho tempo para ficar explicando aos medianos se estou ou não perdendo a fé porque admiro a poesia do Chico Buarque e do Vinicius de Moraes; a voz da Maria Bethânia; os livros de Machado de Assis, Thomas Mann, Ernest Hemingway e José Lins do Rego.


Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita para a "última hora"; não foge de sua mortalidade, defende a dignidade dos marginalizados, e deseja andar humildemente com Deus.


Caminhar perto delas nunca será perda de tempo.


=================
Não sou tão velho assim, mas chegando aos 40, começo a perceber, também, que as jabuticabas não são tão fartas como eram anos atrás.

Isso me leva a refletir sobre minhas escolhas, minhas palavras, meus abraços, meus olhares.

Enfim, eu quero investir meu tempo mais no que é eterno, no que é profundo, no que agrada a Deus. O restante? É entretenimento.

Deguste bem cada jabuticaba. Se também não gostar delas como eu. Opte pelas azeitonas, e saboreie-as com calma até o fim!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Onde Você está Edificando Sua Vida?

Uma reflexão sobre as últimas tragédias em Niterói.

video

Mensagem pregada no culto da manhã da Igreja Batista do Méier em 11/04/2010.

Em Boa Hora!

Pastor do Conselho de Doutrina da Assembleia de Deus censura campanha de Silas Malafaia

Fonte: O Galileu

Maiores informações, clique aqui.


O Pr. Carlos Roberto Silva, vice presidente executivo da Convenção dos Ministros da Assembleia de Deus do Estado de São Paulo e Membro do Conselho de Doutrina da CGADB – Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, condenou a ‘Campanha da Semente de R$ 1.000,00′ do Pr. Silas Malafaia (foto) e do Pr. norte americano Mike Murdock lançada em seu programa de TV

O Pastor da Assembleia de Deus, Silas Malafaia no último dia 03 de Abril em parceria com o Pastor da Teologia da Prosperidade, o norte americano Mike Murdock lançou em seu programa um novo desafio chamado: Clube de 1 milhão de Almas, com o objetivo de evangelizar, mantendo os programas de televisão e realizando cruzadas e congressos.

Para fazer parte do clube, é preciso plantar uma ‘semente’ voluntária de R$ 1.000,00 e como agradecimento quem ceifar receberá o livro 1001 Chaves de Sabedoria, de Mike Murdock e também um certificado do clube como descrito no hot site da campanha, que inclusive possui um contador de almas conquistadas.
Mas este projeto não está sendo visto com bons olhos pela maioria dos líderes da Assembleia de Deus.

O Pr. Carlos Roberto Silva, vice-presidente executivo da Convenção dos Ministros da Assembleia de Deus do Estado de São Paulo e membro do Conselho de Doutrina da CGADB – Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, condena a ‘Campanha da Semente de R$ 1.000,00’ do Pr. Silas Malafaia e do Pr. norte americano Mike Murdock lançada em seu programa de TV.

‘Isso é no mínimo lamentável, vergonhoso e desonroso para a nossa denominação. O Pr. Silas Malafaia é hoje um ícone, talvez o único dessa estirpe em mídia nacional, pertencente à nossa querida Assembleia de Deus. A função por ele exercida no mais alto fórum da denominação assembleiana, bem como sua projeção midiática, faz com que ele seja copiado e seguido por muitos em suas peripécias doutrinárias. A carroça está descendo ladeira abaixo, em alta velocidade, sem freio e o pior de tudo: na banguela! Que Deus tenha misericórdia de nós!’ disse o Pr. Carlos Roberto.

Já o Pr. Guedes, auxiliar da Igreja Evangélica Assembleia de Deus e Professor de Teologia da FAESP – Faculdade Evangélica de São Paulo, relata as implicações que a igreja sofre com campanhas como esta.

‘Primeiro, as pessoas passam a acreditar que com a “semente” lançada, estarão isentas de pregarem o evangelho, porque já fizeram a sua parte. Ou seja, repassaram essa responsabilidade ao evangelista da tv; Segundo, caem na mais nova falácia: semente e não oferta (ou semente como oferta). Ora, todos sabemos que a oferta é voluntária e não se espera retorno por doá-la, mas a semente tem em si a linguagem da colheita do fruto, logo, quem oferta não espera receber de Deus e nem O cobra, mas quem lança sementes terá, segundo essa teologia, o direito de cobrar de Deus os desdobramentos de seu plantio; Terceiro, muitos cristãos incautos que nunca contribuíram com suas igrejas locais, vêem-se “constrangidos”, “movidos” a contribuírem com o ministério do “homem de Deus”, visto que ele é o homem que Deus levantou para essa tarefa’, e completou: ‘esse tipo de teologia envenena nossa sã doutrina, causando danos em nossos posicionamentos doutrinários e teológicos. É elitista, discriminatória e põe Deus em uma tremenda “saia justa”, pois somente quem tem R$ 1.000,00 é que pode ser abençoado’.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

CHUVAS NO RIO DE JANEIRO

Consternados, todos temos acompanhado os acontecimentos que assolam o nosso povo carioca e fluminense devido às chuvas desta semana. Algumas das localidades atingidas dão conta de que muitos dos nossos irmãos em Cristo foram alvos nesta tragédia. Com o passar do tempo, as notícias vão chegando e com elas novas informações aparecem: há corpos de irmãos soterrados em Niterói, há famílias de igrejas batistas desabrigadas que perderam tudo no Cosme Velho, na Mangueira e em Niterói, além de outras localidades.

Queremos, como igreja, mostrar, mais que cantar, que CRISTO ESTÁ VIVO por meio de nossas ações que revelam amor e misericórdia para com os necessitados. Desta forma, os nossos ministérios de Ação Social, Juventude e Evangelismo e Missões estão mobilizados e integrados para arrecadarem todo tipo de doação que possa ser útil a estas comunidades. Por isso queremos convocar nossa família para arregaçar as mangas em favor dos afligidos pelas chuvas e trazerem (e motivando outros a fazerem o mesmo) doações de alimentos não perecíveis, roupas, fraldas infantis e geriátricas, colchonetes e qualquer outra doação que entenda ser bênção para a ocasião.

Já estamos recebendo as doações em nosso endereço, e queremos realizar um grande movimento de amor em ação no próximo domingo: aproveitando a reapresentação do musical “Vivo Está!”, desafiamos você a trazer para a igreja as suas doações.

O nosso endereço é:
Rua Hermengarda, 31 - Méier

Nosso telefone para maiores informações é o (21)2599-3000

Este é o desafio: mostrar o Cristo Vivo por meio do nosso amor!

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Simples Assim


Como Permanecer Firme no Ministério por Muito Tempo

Estive recentemente visitando um amigo, e ele me apresentou a um experiente pastor que o encorajou no ministério durante muitos anos. Este pregador de oitenta e seis anos de idade tinha ainda muito entusiasmo com o ministério pastoral. Ele era um homem verdadeiramente cheio de alegria, e ainda sonhava com novos horizontes para o seu ministério.

Em um momento em nossa breve conversa, perguntei-lhe qual era o “segredo” para o seu ministério ao longo da vida, com tanta saúde e alegria.

Naturalmente, aquele idoso e experiente pregador disse:

1. “Ler a Bíblia todos os dias.” Perguntei a ele quantas vezes ele tinha lido a Bíblia, e ele disse que estava terminando sua leitura 358 de toda a Bíblia!

2. “Murmurar orações durante todo o dia.” Ele explicou que é vital orar pela manhã para se conectar com Deus e confessar pecado, mas que também temos a murmurar orações durante todo o dia, conversando com Deus sobre tudo.

3. “Recusar ter inimigos.” Ele disse que, se você optar por perdoar a todos de todos os seus pecados, então não importa quem ou o que é contra você, seu coração não vai tornar-se duro e amargo, porque você tratará a todos como um amigo.
_________________________________
Recebido do amigo Silvado. Traduzido por mim.

Leia as Atualizações no seu Reader

Pra Cumprir Teu Chamado

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails