segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

CHEGAR AOS 40!

“Os 40 anos são uma idade terrível. É a idade em que nos tornamos naquilo que somos.” (Charles Péguy)

Cheguei aos 40! E confesso: quando entrei na adolescência, não achava que chegaria aqui… Meu coração está transbordando de gratidão a Deus pela bênção de poder celebrar 40 anos de vida tendo edificado uma família maravilhosa e pastoreando uma igreja pujante e amável.

Já ouvi dizerem que a vida começa aos 40. Então, veremos!

A realidade é que alcançar a marca dos “enta”, para não mais dela sair, enche a cabeça de reflexões: Estou ficando velho de verdade? A vida tem valido a pena até aqui? Já estou colhendo o que plantei? Quanto mais ainda há para percorrer? Surgirão sintomas desconhecidos? O que vai mudar?

No contexto bíblico, o número 40 está muito ligado a relatos de preparação para algo novo que estaria por acontecer. Senão vejamos: foram 40 dias e 40 noites do dilúvio para dar lugar à Nova Aliança (Gn 7.4-12); Moisés passou 40 dias e 40 noites no Monte para receber de Deus a Palavra (Ex 24.18; 34.26; Dt 9.9-11; 10.10); 40 anos foi o tempo da peregrinação pelo deserto (Nm 14.33; 32.13; Dt 8.2; 29.4, etc.); Jesus jejuou 40 dias antes de começar o seu ministério (Mt 4.2; Mc 1.12; Lc 4.2); a Ascensão de Jesus acontece 40 dias depois da Ressurreição (At 1.3). Quando alguém errava, era corrigido com 40 chicotadas (Dt 25.3), e Paulo também recebeu cinco vezes as 40 chicotadas menos uma (2Co 11.24).

Não que seja uma doutrina numerológica, mas não dá para ignorar tais referências: tempo de preparação... talvez a sabedoria popular tenha razão e fundamento ao esperar que a vida comece aos 40. Se for assim, que seja!

Já que vai começar de fato agora, quero declarar e reafirmar os valores que me sustentaram até aqui. Afinal, assim como no deserto, mais importante que chegar à Terra Prometida foi tudo o que o povo viveu e aprendeu com Deus, enquanto caminhava para poder viver a Promessa. Deus não esteve tão interessado em dar a Terra quanto esteve em revelar-se para o seu povo como o “Eu Sou”, ao longo dos 40 anos do que poderia ter sido uma caminhada de semanas. Mas alguns precisam de (bem) mais tempo para aprender.

Em 40 anos aprendemos que Deus peleja por nós, que abre mares, que dá alimento, que disciplina, que mostra amor, que salva, que cura. Enfim, 40 anos nos preparam para o que ainda nos resta viver com plenitude de vida.

Sendo assim, ao celebrar 40 anos reafirmo meus valores que me sustentam e me dirigem:
• AMAR A DEUS ACIMA DE TODAS AS COISAS
• VIVER EM FAMÍLIA REFLETINDO A GLÓRIA DE DEUS
• SERVIR ÀS PESSOAS DE MANEIRA A SUPRI-LAS ATRAVÉS DO MINISTÉRIO PASTORAL
• TESTEMUNHAR DE CRISTO ATRAVÉS DE UMA ESPIRITUALIDADE CONTAGIANTE
• CRESCER ATRAVÉS DO ESTUDO E CONSTANTE APRENDIZADO

Creio que assim estarei pronto para prosseguir tendo a Cristo como alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus – a vida eterna!

A Deus somente seja a glória, a honra e o louvor!

Um comentário:

santista11 disse...

Parabéns!! Que Deus continue a abençoá-lo ricamente, a sua vida com certeza tem abençoado a muito, inclusive a mim através deste blog. Abraço.

Leia as Atualizações no seu Reader

Pra Cumprir Teu Chamado

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails